sexta-feira, 27 de julho de 2012

Mensagem do dia de Cristo Rei do Universo

Mensagem de 25/11/2007 - Dia de Cristo Rei: (Nossa Senhora apareceu muito triste com lágrimas nos olhos) “O que eu peço para vocês, meus filhos, é isto: não se omitam diante do que o mundo está fazendo hoje com meu Filho Jesus, o Rei do Universo. As pessoas que desprezam Jesus são como cravos pregados hoje em suas Mãos. As pessoas que pecam conscientemente e sem arrependimento são como cravos pregados hoje nos Pés do meu Filho. As pessoas que vão muito à igreja, mas têm uma vida pecaminosa e não se arrependem, são como aqueles soldados que chamaram Jesus de ‘Rei’ e ao mesmo tempo o coroaram com espinhos. A imensa ingratidão depois de tudo o que Jesus fez por vocês e o pouco caso que muitos têm com Ele são como uma lança perfurando novamente o seu Sagrado Coração de amor... Não renovem as dores do Calvário para Jesus, meus filhos! Não transpassem suas Mãos e seus Pés com os cravos da sua maldade e infidelidade! A sua dor é muito grande. Eu peço hoje que vocês o consolem! Visitem o Santíssimo Sacramento para consolá-lo. Visitem o Sacrário o mais que puderem, se possível todos os dias. Ajoelhem-se e peçam misericórdia, misericórdia, misericórdia para vocês e para o mundo inteiro. Peçam perdão pelos seus pecados e peçam que Jesus perdoe os malvados. Assim, vocês serão perdoados e os pecadores serão salvos. Coitados dos pobres pecadores se Jesus os tratasse como merecem... Mas Jesus os trata com infinita misericórdia, pois a sua bondade é incomensurável e seu amor é sem limites por todos. Mas Ele está sendo muito ofendido e nesse momento, eu peço o mesmo que pedi em tantos lugares que já apareci: consolem o meu Filho diariamente com suas orações reparadoras. Mesmo se não puderem ir à igreja, rezem em suas casas mesmo e passem a amá-lo mais fervorosamente quando muitos não o amam assim. Muitos apenas gostam Dele. Outros só acreditam que Ele existe. Peguem o Terço e enxuguem as minhas lágrimas rezando-o. Mas não rezem só da boca para fora e com pressa de fazerem outras coisas. Rezem de verdade, sinceramente, de coração, pensando no que dizem. E tudo o que é sincero e verdadeiro, Jesus vê e recompensa nessa vida e na vida eterna lá no Paraíso. Lá é a morada de vocês. Não fiquem parados e de braços cruzados diante do sofrimento que o mundo injustamente dá a Jesus! Não se acovardem! Consolem-no e então será Ele em pessoa que irá consolar os sofrimentos de vocês. Mas não se preocupem tanto com os sofrimentos deste mundo, meus filhos. Vocês se afligem tanto com os sofrimentos daqui, mas eles não são os piores. O pior e maior sofrimento é a condenação da alma, é ficar longe de Deus para sempre no inferno. E existem pessoas nesse mundo que correm esse risco. Peçam a Jesus misericórdia, misericórdia, misericórdia para os pecadores todos os dias. Participem sempre da Missa aos domingos e se puderem ir durante a semana, vão. Nunca faltem à toa da Missa, pois cada Missa tem um valor infinito. Não percam nenhuma oportunidade, pois não sabem se são suas últimas oportunidades de irem. Cada Missa será muito útil à suas almas depois da morte. E rezem, rezem, rezem porque as pessoas que rezam freqüentemente são como as plantas regadas freqüentemente. Elas estão sempre belas e fortes, nunca secam. As pessoas que rezam raramente são como as plantas regadas raramente. Estão sempre fracas e feias. Elas vivem assim por algum tempo, mas logo murcham, secam e morrem.”  

Mensagem de Nossa Senhora em Divinópolis, Brasil.